Capa

AMRIGS Press Releases

Sem mudança de hábitos, diabetes pode tornar-se um problema de proporções gigantescas no mundo

Dia Nacional do Diabetes, lembrado em 26 de junho, tem objetivo de conscientizar a população sobre os riscos da doença

26.06.2019  |  321 visualizações

O diabetes, doença crônica caracterizada pelo aumento dos níveis de glicose (açúcar) no sangue, tem preocupado médicos e pacientes de todas as idades e com os mais variados perfis. O tema foi abordado em mais uma edição do Ciclo de Palestras promovido pela Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS), na noite de quarta-feira (26/06). A atividade, realizada no Centro de Eventos AMRIGS, foi alusiva ao Junho Vermelho, dedicado à prevenção do diabetes.

As estatísticas mostram que quase meio bilhão de pessoas tem diabetes no mundo. Esse número praticamente triplicou na última década.

- A projeção é que sejam 630 milhões no mundo em 2045, ou seja, um problema de proporções gigantescas se não forem mudados hábitos de vida e alimentares – alertou o médico endocrinologista pediátrico e coordenador do Instituto da Criança com Diabetes no Rio Grande do Sul, César Geremia.

O diabetes acontece porque o pâncreas não é capaz de produzir o hormônio insulina em quantidade suficiente para suprir as necessidades do organismo. O problema deixou de ser exclusivo de adultos, exigindo mudanças de hábitos desde muito cedo.

- Se devemos fazer alguma coisa em relação ao diabetes é mudar o estilo de vida. A prevenção primordial, considerada a mais importante de todas, inclui encorajar designs urbanos que promovam atividades físicas, taxar bebidas adoçadas com açúcar, obrigar estabelecimentos a informarem as calorias em produtos e menus, e promover incentivos para reduzir preços de alimentos saudáveis. É inadmissível que uma água seja mais cara ou tenha o mesmo preço do que um refrigerante - afirma o médico endocrinologista e presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia - Regional RS, Rafael Selbach.

O diabetes pode ser classificado como Tipo 1, Tipo 2, Gestacional e outros como Monogênico e Secundário (associado a outras doenças) ou induzido por medicamentos.

Redação: Marcelo Matusiak
Coordenação: Marcelo Matusiak

  • Médico Rafael Selbach
    (Marcelo Matusiak)

  • Médico endocrinologista, César Geremia,
    (Marcelo Matusiak)

  • Ciclo de Palestras AMRIGS
    (Marcelo Matusiak)

  • Palestra sobre o diabetes
    (Marcelo Matusiak)

  • César Geremia falou do quadro preocupantes entre as crianças
    (Marcelo Matusiak)

Leia também...

05.12.2019

AMRIGS critica flexibilização do Revalida

Principal impacto é a possibilidade de empresas privadas aplicarem o teste

04.12.2019

Campanha busca recursos para manutenção de Instituto que atende crianças na Vila São Pedro

Instituto Vida Solidária está apto a receber doações através do Funcriança

26.11.2019

AMRIGS apoia Projeto de Lei que prevê isenção de tributo para santas casas e hospitais filantrópicos

Tema está em debate na Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul

25.11.2019

Erechim debate uso excessivo de agrotóxicos nos alimentos

Tema será pauta de palestra da Caravana AMRIGS e estará presente em reunião com o prefeito municipal

Entre em contato