Capa

Profissionais e Empresários devem investir em Inteligência Competitiva

Artigo de Opinião - Revista ASBRAV

12.11.2019  |  53 visualizações

Será que você está convencido que o mundo mudou, o mercado mudou, seus clientes mudaram, tudo mudou? Há algum tempo atrás bastava você disponibilizar um serviço ou produto, trabalhar corretamente e atender as necessidades de seus clientes que teria lucro certo. Hoje isto não é mais uma realidade, a concorrência aumentou, seus clientes estão mais informados e sua disponibilidade de tempo diminuiu. A nova realidade são clientes mais exigentes e com menos disponibilidade financeira.

Para competir neste novo contexto é preciso analisar o mercado, estudar a concorrência e entender as necessidades dos clientes, criando produtos e serviços direcionados para suas expectativas e necessidades financeiras.

Todos os semestres muitos jovens saem das faculdades e invadem o mercado de trabalho recheado de desempregados. Todos buscam oportunidades, uma colocação. Alguns se empregam, contanto muitos buscam atividades autônomas provocando uma concorrência com empresas já estabelecidas.

Existem vantagens e desvantagens neste processo. A vantagem é num primeiro momento, é ter preços mais competitivos em função da informalidade. A grande desvantagem é ter que atuar em geral com clientes pequenos e pouco estruturados.

A formalização de um negócio traz algumas vantagens, como ter um CNPJ e com ele ter acesso a clientes também estruturados, a linhas de crédito, usufruir das vantagens do cartão BNDES com juros muito menores, participar de licitações e concorrências públicas e ter acesso aos incentivos governamentais, como incentivo a participação em feiras, eventos e capacitação. Comprar como pessoa jurídica tem preço diferenciado, assim como formas de pagamento.
Contudo, nem tudo são flores! A formalização de um negócio requer muito estudo, planejamento e organização.

A utilização da Inteligência Competitiva tornou-se uma necessidade para quem pretende ter alta performance. Esta técnica proporciona a elaboração de um processo contínuo de monitoramento e análise estratégica dos cenários e conjunturas mercadológicas em que sua empresa está inserida.

Inteligência Competitiva, segundo Jacobiak, pode ser definida como a "atividade de gestão estratégica da informação que tem como objetivo permitir que os tomadores de decisão se antecipem às tendências dos mercados e à evolução da concorrência, detectem e avaliem ameaças e oportunidades que se apresentem em seu ambiente de negócio para definirem as ações ofensivas e defensivas mais adaptadas às estratégias de desenvolvimento da organização". O uso da Inteligência Competitiva proporciona as organizações obter informações sobre concorrentes e ambiente competitivo para aplicação ao seu processo de tomada de decisões e planejamento, de forma a obter um desempenho superior.

Neste contexto, para os empreendedores que pensam em ingressar no mundo dos negócios, a elaboração de um Plano de Negócios é fundamental para uma tomada de decisão adequada, principalmente no que tange ao modelo de negócios que será implantado pelo novo gestor. Muitas empresas fazem o mesmo produto ou disponibilizam o mesmo serviço, contudo o que vai distinguir uma da outra, o seu resultado final, sua performance, será a Inteligência Competitiva aliada ao modelo de negócios.

Resultados superiores: Esta estratégia permite que empresas antecipem futuras direções e tendências do mercado, ao invés de meramente reagir a elas. Sua empresa passa a adotar estratégias inovadoras e alcança resultados superiores aos dos concorrentes, assim como posiciona sua marca de forma diferenciada.
O objetivo do Plano de Negócios, aliado ao uso da Inteligência Competitiva é ampliar as condições de competitividade de uma empresa, reorientando seu modelo de negócios, suas metas e ações.

O mercado de HVAC é muito competitivo e tem forte dependência de mão de obra, que muitas vezes é pouco qualificada. Com a retomada lenta da construção civil, 2020 será um ano de oportunidades para este segmento. Profissionais que tem interesse neste mercado altamente competitivo, necessitam de muito planejamento, organização, capacitação e foco no atendimento ao cliente e inovação.

A inovação nas técnicas de gestão e produção, aliadas a excelência no atendimento aos clientes, será fator de diferenciação neste mercado futuro.

Comece agora a aplicar esta estratégia na gestão de sua empresa e se surpreenda com os resultados financeiros e a satisfação de seus clientes.

Madeleine Schein
Gestora de Negócios e Carreiras, Palestrante e Professora Universitária
Mestre em Administração e Negócios pela PUCRS

  • madeleine-schein-1 (1)
    (Divulgação)

  • Madeleine Schein
    (Marcelo Matusiak)