Capa

SBD-RS Press Releases

Levantamento mostra que mais da metade das pessoas se expõem sem proteção ao sol no RS

Estatística foi feita durante o Dezembro Laranja realizado no Rio Grande do Sul pela Sociedade Brasileira de Dermatologia - Secção RS

08.01.2020  |  517 visualizações

Os dados foram coletados nos dez postos de atendimento localizados na capital gaúcha, região metropolitana e interior do estado. Foram 1.487 pacientes atendidos no mutirão que contou com o trabalho voluntário dos médicos dermatologistas da Sociedade Brasileira de Dermatologia Regional RS. Destes, 53.33% responderam que se expõem ao sol sem proteção. 40.89% afirmaram usar protetor solar e o restante, 5.78%, relatou não se expor ao sol.

- São 180 mil novos casos de câncer de pele no Brasil e no Rio Grande do Sul há uma incidência ainda maior porque existe um número muito grande de pessoas de pele clara. Temos que nos proteger evitando o sol mais forte que é entre 10h e 15h, usar chapéu, roupas de proteção e óculos e sempre que possível permanecer embaixo do guarda-sol, por exemplo. O filtro solar é muito importante mesmo em dias nublados. Recomendamos pelo menos fator 30 e não esquecer de aplicar em determinadas partes do corpo como pés e orelhas - explica a presidente da SBD-RS, Taciana Dal'Forno Dini.

A iniciativa, alusiva ao Dezembro Laranja, foi coordenada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e no território gaúcho, foi organizada pela SBD-RS. Em 2019, pela primeira vez, foi usado um aplicativo no qual os dados de boa parte dos atendimentos foram lançados.

No Postão do IAPI, a SBD-RS em parceria com o Centro de Saúde IAPI, na Avenida Três de Abril nº 90, bairro Passo D´Areia, distribuiu 250 fichas ao público em geral. O atendimento foi totalmente gratuito e o paciente terá acompanhamento durante o tratamento indicado, que será realizado com parceria com a regional RS da Sociedade de Cirurgia Plástica. No Rio Grande do Sul, além do Posto do IAPI em Porto Alegre foram prestados atendimentos no Ambulatório de Dermatologia Sanitária na avenida João Pessoa. Na região metropolitana e interior, o atendimento ocorreu no Ambulatório do Hospital Universitário da ULBRA, em Canoas; no Centro Clínico da Universidade de Caxias do Sul; no Ambulatório de Especialidades Médicas do Centro Clínico Univates, em Lajeado; no Ambulatório de Dermatologia, em Passo Fundo; no Centro de Especialidades Municipal de Pelotas; no Ambulatório do Hospital Universitário de Rio Grande; no Hospital Ana Nery, em Santa Cruz do Sul e na Policlínica Municipal de Uruguaiana.

Redação: Marcelo Matusiak
Coordenação: Marcelo Matusiak

  • Exposição solar deve ser feita com cuidados
    (Marcelo Matusiak)

  • Mutirão de atendimentos no IAPI
    (Marcelo Matusiak)

Leia também...

24.01.2020
Após 13 anos de queda, número de casos de hanseníase no Brasil voltou a crescer em 2017 e 2018

Último domingo do mês de janeiro (26/01) marca o Dia Nacional de Combate e Prevenção à doença

20.01.2020

Consulta pública debate novos tratamentos para tratamento do câncer de pele

Participação no processo é incentivada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia - Secção RS

17.01.2020

Sociedades de especialidades debatem com CFM risco de procedimentos feitos por não-médicos

Encontro foi realizado na sede do Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio Grande do Sul (CREMERS)

14.01.2020

Medicina avança no tratamento do câncer de pele

Opinião: Médica associada da Sociedade Brasileira de Dermatologia - Secção RS, Suzana Hampe

Entre em contato