Capa

AMRIGS Press Releases

Crescimento do número de profissionais da saúde afastados preocupa

AMRIGS reitera importância de permanecer alerta aos cuidados com profissionais que estão na linha de frente do combate à pandemia

01.05.2020  |  80 visualizações

Vigilância total no uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI's), afastamento da atividade para profissionais no grupo de risco e contratação de substitutos para os afastados são as medidas primordiais defendidas pela Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS). O presidente da entidade, Alfredo Floro Cantalice Neto, acompanha com preocupação o cenário atual. Nos últimos dias, houve um crescimento do afastamento de profissionais por motivo de contaminação estimado em 29%.

Segundo levantamento recente, no Rio Grande do Sul, são aproximadamente 1.900 trabalhadores afastados por consequência da pandemia nas 18 maiores cidades do estado e nas duas principais instituições de saúde pública da capital que estão atendendo casos de COVID-19 (Grupo Hospitalar Conceição e Hospital de Clínicas).

Redação: Marcelo Matusiak
Coordenação: Marcelo Matusiak

  • Afastamento preocupa
    (Freepik)

Leia também...

02.06.2020

COVID-19: mais um motivo para não fumar

Artigo de Opinião: Pneumologista. Santa Casa de Porto Alegre. Fumo Zero AMRIGS. Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina, Luiz Carlos Corrêa da Silva

01.06.2020

CEHM-RS e Sociedades de Especialidades posicionam-se contra redução de honorários na telemedicina

Objetivo é enviar carta com o posicionamento para as operadoras de saúde

01.06.2020

Webinar reúne especialistas do Brasil e Uruguai para debater lições aprendidas com a COVID-19

AMRIGS estará representada pelo seu presidente Alfredo Floro Cantalice Neto

27.05.2020

AMRIGS publica nota técnico-científica sobre medicações para pacientes com diagnóstico da COVID-19

Nota técnico-científica da Associação Médica do Rio Grande do Sul (nt 01/2020 amrigs) sobre a nota informativa nº 9/2020-se/gab/se/ms, que dispõe sobre "orientações para manuseio medicamentoso precoce de pacientes com diagnóstico da covid-19" publicada pelo Ministério da Saúde em 20 de maio de 2020

Entre em contato