Capa

SBD-RS Press Releases

Por que é tão importante a ducha ao entrar e sair da água?

Seja na piscina ou no mar, elas ajudam a manter a qualidade da água e a regulagem de temperatura corporal

23.02.2021  |  277 visualizações

Existem locais em que as duchas são obrigatórias, caso contrário, um banho de piscina poderá ficar na vontade. Conforme a dermatologista e presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia - Secção RS (SBD - RS), Analupe Webber, além da higiene, as duchas ajudam a manter a própria qualidade da água e servem como uma espécie de regulagem de temperatura do corpo.

“Além de evitar um possível choque térmico, ela retira a oleosidade, suor, areia ou excesso de substâncias que tenham sido aplicadas na pele e ajuda a manter a qualidade da água. Importante lembrar que, após o banho de piscina é necessária uma nova ducha para retirar o excesso de cloro”, afirma.

Existem casos, ainda, em que o cloro da piscina pode gerar coceira, dermatites ou alergias em função do contato com produtos químicos e a cloramina, substâncias tóxicas resultantes da reação do cloro com impurezas da água. Nesses casos, a dermatologista recomenda lavar a pele com água e sabonete neutro e fazer uma hidratação em seguida, se perceber ressecamento.

“Se houver vermelhidão intensa na pele ou muita coceira, ou mesmo irritação nos olhos, nariz e garganta, é preciso procurar avaliação médica. Já na saída do mar, é fundamental remover o excesso de sal que pode ressecar a pele e causar coceira. Deve-se ter cuidado especial em pacientes que já apresentam alergias como dermatite atópica ou de contato”, destaca.

Já em locais que não disponibilizam a ducha, Analupe alerta para a alternativa de borrifar o corpo com água mineral. Outra observação que não pode ser esquecida é o uso de protetor solar nos ambientes em que a piscina for aberta. Em locais fechados e com piscinas térmicas, também importante lembrar que o vapor pode irritar a pele em pessoas predispostas.

Redação: Fernanda Calegaro
Coordenação: Marcelo Matusiak

  • Ducha
    (Freepik)

Leia também...

26.02.2021

Dermatologistas comemoram inclusão de três doenças dermatológicas na cobertura dos planos de saúde

Sociedade Brasileira de Dermatologia - Secção RS (SBD-RS) destaca importância da medida no tratamento de pacientes

26.02.2021

Insetos no verão: precauções e tratamentos

Sociedade Brasileira de Dermatologia - Secção RS tem dicas importantes para evitar maiores problemas

31.01.2021
Diagnóstico tardio é um dos maiores desafios a serem superados no tratamento da hanseníase

Ultimo domingo de janeiro marcou o Dia Mundial contra a Hanseníase

18.01.2021

Temperaturas altas exigem atenção redobrada com hidratação

Alerta é da Sociedade Brasileira de Dermatologia - Secção RS (SBD-RS)

Entre em contato