Capa

AMRIGS Press Releases

Combate à Hepatite C na diálise

Artigo de Opinião: Presidente da Sociedade Gaúcha de Nefrologia, Dirceu Reis da Silva

27.07.2021  |  170 visualizações

A Hepatite C atinge globalmente 71 milhões de pessoas, causando a morte de 400 mil pessoas a cada ano. No Brasil, estima-se 0,7% de portadores da doença, sendo mais atingidas as regiões Sul e Sudeste. A Organização Mundial de Saúde propôs-se em 2015 a tarefa de eliminar a Hepatite C como problema de saúde pública até 2030, ao que o Sistema Único de Saúde (SUS) aderiu desde 2017, através da organização da rede de atendimento, a busca ativa e investigação de portadores, e a disponibilização de tratamento adequado.

Um dos grupos populacionais mais atingidos são os pacientes com doença renal que precisam fazer diálise para viver. Muito já se fez para minimizar este problema. Ainda que decrescente, a Hepatite C atinge parcela significativa de pacientes em diálise. O Rio Grande do Sul tem, por exemplo, 7.000 pacientes em diálise crônica, e 6,5% deles têm sorologia positiva para Hepatite C. São em torno de 450 indivíduos, atendidos em 68 clínicas de diálise. A Nefrologia tem se dedicado muito a encaminhar seus pacientes em diálise para investigação e tratamento, com o apoio dos gestores públicos. Este esforço é essencial para melhorar a saúde dos portadores da Hepatite C, reduzir o risco de transmissão para outros pacientes que fazem diálise, e para minimizar ainda o risco de acidentes envolvendo profissionais de saúde que os atendem. Isso só se tornou possível pois exames sofisticados e medicações apropriadas para uso em pacientes com problemas renais foram desenvolvidas e disponibilizadas pelo SUS.

Em 28 de Julho de 2021, as nove primeiras clínicas de diálise que se tornaram livres de Hepatite C recebem certificados de reconhecimento da Sociedade Gaúcha de Nefrologia, na Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS). Existem inúmeras outras clínicas gaúchas com forte engajamento, que serão também reconhecidas. Esperamos para breve poder certificar que a Hepatite C na diálise seja uma questão do passado, uma superação conquistada pelo esforço de todos.

Dirceu Reis da Silva
Presidente da Sociedade Gaúcha de Nefrologia

 

  • Presidente da Sociedade Gaúcha de Nefrologia, Dirceu Reis da Silva
    (Divulgação)

Leia também...

16.09.2021

Zilá Breitenbach ressalta preocupação com o fechamento de leitos UTI/Covid

Presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa participou de Reunião de Diretoria da AMRIGS

16.09.2021

Simpósio AMRIGS trata do legado da telemedicina no cenário pós-pandemia

Encontro acontece nesta quinta-feira (16/09) de forma online

14.09.2021

Estão abertas as inscrições para Prova AMB/AMRIGS 2021

Avaliação será aplicada no dia 14 de novembro de 2021 com início às 9h (horário de Brasília)

10.09.2021

Agir para salvar vidas

Artigo de opinião: Médica psiquiatra e conselheira da AMRIGS, Clara Ester Trahtman

Entre em contato