Capa

Hospital Sapiranga conquista certificação que referencia qualidade nos processos de atendimento ao paciente

No Rio Grande do Sul são apenas 25 hospitais que possuem a distinção e na região do Vale dos Sinos, o Hospital Sapiranga é o primeiro a conquistar o selo

24.11.2021  |  151 visualizações

O Hospital Sapiranga conquistou a certificação Nível 1 da Organização Nacional de Acreditação (ONA) que atesta que a instituição segue rígidos protocolos de segurança e qualidade, visando o melhor atendimento a todos os pacientes. A avaliação levou em conta processos e infraestrutura que atendem a uma série de protocolos padrão. A ONA é um órgão não-governamental, imparcial e sem fins lucrativos.

A diretora executiva do Hospital Sapiranga, Elita Herrmann, agradeceu a toda equipe de colaboradores o empenho para obtenção do certificado.

“Ser o primeiro Hospital Acreditado na região nos enche de orgulho, ainda mais em um ano onde fomos submetidos a tantos desafios. Não nos curvamos ao medo e à insegurança diante da pandemia. Pelo contrário, nosso hospital esteve junto à comunidade, fazendo entregas que nem nós mesmos sabíamos que era possível.  Diante de todos esses obstáculos, nos superamos, vocês se superaram. Crescemos como Instituição e como profissionais”, disse.

Um dos principais aprendizados durante o processo foi o engajamento de todos, mostrando a importância do trabalho em equipe para que o resultado fosse possível.

“Compreendemos nesse processo o quanto é necessário a interação entre todos os setores, somos todos peça de uma grande engrenagem, e foi com esse olhar que construirmos nosso modelo assistencial, tendo o paciente no centro do cuidado, porque ele é nosso foco e a razão de existirmos”, completou Elita.

Um dos esforços foi a rotina de revisão da documentação do paciente e procedimentos padrão de atendimento. Foram implantados protocolos médicos como o de cirurgia segura, sepse e AVC, entre outros. Junto com isso, foram feitos investimentos na área física da instituição visando a segurança do paciente em todos os aspectos. Além disso, foram realizadas as revisões de vários processos assistenciais , como exemplo a administração segura de medicamentos que contou com a reestruturação de toda a cadeia medicamentosa, desde a aquisição até a administração dos mesmos.

Metas internacionais de segurança

O Hospital Sapiranga adotou o uso de carteirinhas anexadas junto a identificação de cada colaborador destacando as seis metas internacionais de segurança do paciente.

Meta 1. Conferir a pulseira de identificação do paciente e confirmar as informações.

Meta 2. Melhorar a comunicação com os pacientes, acompanhantes e entre os profissionais da saúde.

Meta 3. Melhorar a segurança na prescrição, uso e administração dos medicamentos.

Meta 4. Assegurar cirurgia em local, procedimento e paciente correto, através de checklist.

Meta 5. Realizar a lavagem de mãos para evitar infecções.

Meta 6. Executar cuidados para a prevenção de quedas e lesões por pressão.

Redação e coordenação: Marcelo Matusiak

  • Certificação
    (Marcelo Matusiak)

  • Diretor Técnico, Eduardo Baibich Melnick e Diretora executiva, Elita Herrmann
    (Marcelo Matusiak)

  • Celebração com colaboradores
    (Marcelo Matusiak)

  • Certificado
    (Marcelo Matusiak)

  • Celebração com colaboradores
    (Marcelo Matusiak)

  • Celebração com colaboradores
    (Marcelo Matusiak)

Leia também...

15.11.2021

Saúde do homem: Doze meses para uma vida inteira

Cuidados e hábitos de vida são aliados na prevenção do câncer de próstata além do diagnóstico precoce

15.11.2021

Em que situações a gestação pode ser considerada de alto risco?

Médica Gineco Obstetra do Hospital Sapiranga, Tatiana Ckless Moresco Brenner

Entre em contato